UMA POR DIA


500 cruzados by umapordia
março 6, 2009, 12:38 pm
Filed under: Outras | Tags:

De Boinha lembrou dessa. Gostei!

De Boinha se acordó de esta. Me gustó!

500-cruzados

Anúncios


Aniversário de um Jedi: Villa-Lobos by umapordia
março 5, 2009, 4:23 pm
Filed under: Outras | Tags: ,

Amigos, Villa-Lobos faria 122 anos hoje. Eu fiquei na cabeça com aquele negócio do Ed Motta, que, no dvd Ouro Negro, em homenagem ao Moacir Santos, chama o próprio Moacir, o Villa, o Tom e outros de Jedis. Pô, pra galera da nossa geração, essa palavra diz tudo. O que podem esses gênios quererem mais do que serem Jedis, guardiães da força, inspiradores de tanta coisa boa que vem depois. É isso aí, um abraço pro Villa, que deve estar tomando uma cerveja em algum lugar com seu amigo Pixinguinha, com o discípulo Tom, com o maestro Moacir Santos, “que não é um só, é tantos”, e com tanta gente que já se foi. E este ano, não se esqueçam, é o jubileu do falecimento do Villa. Como recordação, a gravação de Edu Lobo para o  “O Trenzinho do Caipira” (originalmente, o 4º movimento  das Bachianas nº2), com letra do poeta Ferreira Gullar, bem no espírito de música popular com que acho que o maestro teria gostado de ver boa parte de seus temas recordados (gravação de 1978, do disco Camaleão). Valeu ao amigo CV pela lembrança. Abraços!

Amigos, Villa-Lobos haria 122 año hoy. Me quedé en la cabeza con aquello que dijo Ed Motta, quien, en el DVD Ouro Negro, en homenaje a Moacir Santos, llama al proprio Moacir, a Villa, a Tom y a otros de Jedis. Bueno, para la gente de nuestra generación, esa palabra dice todo. Que pueden esos genios quereren más que seren Jedis, guardianes de la fuerza, inspiradores de tanta cosa buena que vino despues. Es eso, un abrazo para Villa, que debe de estar tomando una cerveza en algun lugar con sua amigo Pixinguinha, con el discipulo Tom, con el maestro Moacir Santos, “que no es uno solo, es tantos”, y con tanta gente que ya se fué. Y este año, no se olviden, es el jubileo de fallecimiento del maestro Villa. Como recuerdo, la grabación de Edu Lobo para el “O Trenzinho do Caipira” (“El Trencito del Paisano”) (originalmente el 4º movimiento de las Bachianas nº2), con letra que la puso el poeta Ferreira Gullar, bien en el estilo de musica popular con que creo que al maestro le hubiera gustado ver muchos de sus temas recordados (gravación de 1978, del disco Camaleão). Gracias al amigos CV por el recuerdo. Abrazos!





%d blogueiros gostam disto: