UMA POR DIA


Pra fechar a semana, “Luiza Manequim”, o suingue clássico do Abilio Manoel by umapordia
maio 8, 2009, 8:07 am
Filed under: Música do dia

Galera, classicozão pra alegrar o fim-de-semana. Samba-rock super-contagiante, é possível que já tenham escutado em alguma festa por aí. O cara é o Abilio Manoel. Nasceu em Portugal e veio ainda criança pro Brasil. No final dos 60, época dos festivais, começou a gravar e ganhou o I Festival Universitário da Canção Latino-Americana (Chile, 1968) e o II Festival Universitário de Música Popular Brasileira, promovido pela TV Tupi (1969), com o sucesso “Pena Verde”, e participou nos anos seguintes famosos dos Festivais Internacionais da Canção. Talento puro, o cara transitou e aliou universos apenas aparentemente tão distantes como a jovem guarda que tava no apogeu quando ele começou e o samba-rock que vinha nascendo. O som que vai rolar é a fantástica “Luiza Manequim”, música maravilhosa, a letra é fantástica (“não sei porque que você não me olha, Luiza Manequim, mexendo comigo e não liga pra mim…”), arranjos de metais impressionantes (as linha de sopros dá um dos melhores loops que já vi). Saiu no disco Entre Nós, de 1972. Valeu, bom fim-de-semana, até segunda, e escutem a pérola aqui!!

Galera, gran clásico para alegrar el fin de semana. Un samba-rock super-contagiante, es posible que ya lo hayan escuchado en alguna fiesta por ahi. El tipo se llama Abilio Manoel. Nació en Portugal y vino todavia de niño para Brasil. En el final de los 60, época de los festivais, empezó a grabar y ganó el I Festival Universitário de la Canción Latino-Americana (Chile, 1968) y el II Festival Universitário de Música Popular Brasileira, promovido por la TV Tupi (1969), com el éxito “Pena Verde”, y participó en los años siguientes de los famosos Festivales Internacionales de la Canción. Talento puro, el tipo transitó entre alió universos apenas aparentemente distantes como la joven guardia que estava en sua apogeo cuando empezó y el samba-rock que venina naciendo. La canción que vamos a escuchar es la fantástica “Luiza Manequim”, tema maravilloso, letra fantástica (no sé porque que no me miras, Luiza Manequim, me jodes pero no me llamas…”), arreglos de vientos impressionantes (la linea de vientos dá uno de los mejores loops que ya vi). Salió en el Entre Nós, de 1972. Valeu, buen fin de semana, hasta el lunes, y escuchen la perla acá!!

Site de Abilio Manoel

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: