UMA POR DIA


Hoje é “Dia Santo”, dia de escutar Jam da Silva by umapordia
março 11, 2009, 12:00 am
Filed under: Música do dia | Tags:

Galera, querem escutar uma música bonita? Aí vai, “Dia Santo”, faixa-título do álbum homônimo, e o cara é o Jam da Silva. Compositor, percussionista y productor de primeira, ex-Orquestra Santa Massa, ex-F.UR.T.O., instrumentista de muita gente conhecida, Jam lançou um dos discos mais cuidadosos, bonitos e bem produzidos do ano passado. Na última semana, não sei bem porquê, não sai da minha vitrola. Lindas composições, arranjos muito bem bolados, só gente boa tocando e cantando no disco, coisa muito fina. E é desses exemplos impressionantes de um cara que trabalha na fronteira entre o acústico e o elétrico-eletrônico: tudo é tocado, mas quase tudo recebe um tratamento absolutamente perfeito de efeitos mil. Bom, e a música de hoje é muito bonita, algo pra acordar e botar pra escutar. Vozes de Isaar França e Maciel Salu. Enfim, acordem e aproveitem essa jóia, e escutem a pérola aqui! E valeu ao João e ao Marco pela dica, já há um tempo!

Galera, quieren escuchar un lindo tema? Ahi va, “Dia Santo”, tema-titulo del album homónimo, e el capo es Jam da Silva. Compositor, percussionista y productor de primera, ex-Orquestra Santa Massa, ex-F.UR.T.O., instrumentista de mucha gente conocida, Jam sacó uno de los más cuidadosos, bonitos y bien producidos discos del año pasado. En la última semana, no lo sé bien porqué, no sale de mi pasa-discos.. Lindas composiciones, arreglos muy bien logrados, solo gente buena tocando y cantando en el disco, cosa muy fina. Y es de esos ejemplos impresionantes de un tipo que trabaja en la frontera entre lo acústico y lo electrico/electronico: todo es tocado, pero casi todo recibe un tratamiento absolutamente perfecto de efectos mil. Bueno, y el tema de hoy es muy bonito, algo para despertarse y poner para escuchar. Voces de Isaar França e Maciel Salu. Enfin, despiertense y aprovechen esa joya, y escuchen la perla acá! E gracia a João e a Marco por la sugerencia, ya hace algun tiempo!

MySpace do Jam da Silva

(som baixado do Som Barato)

Anúncios

15 Comentários so far
Deixe um comentário

adoro o som desse rapaz ! melhor som que apareceu na musica brasileira contemporanea !

Comentário por clarinha

Opa Clara, bem-vinda ao blog! Sempre bom ver gente nova. É, tb acho esse disco impressionante. Alguém me comentou que tinha achado o disco parecido com o Samba pra Burro, primeiro do Otto. Eu não achei muito não. Realmente me parece muito original, impecável, tem um clima escuro em todo o disco que pra mim tem mais a ver com a tradição dos Afro-Sambas, sonoridade do Nação Zumbi, etc. Enfim, muito bom..

Comentário por umapordia

nada a ver com otto! o dia santo circula no mais alto nivel de musicalidade , ritmo e melodias, alem de texturas sombrias ou nao ,da beleza da tradicao brasileira .eh um disco profundo , aconchegante , acolhedor , e acima de tudo brasileiro .
conheco o jam e sei do rico universo musical que ele circula .
eh noizzzz

Comentário por alexandre

UM CLASSICO !

DIA SANTO EH O DIA EM QUE OUVI ESSE DISCO !

VIREI FAN

PZ

Comentário por paulo

Salve Pernambuco com seus artistas inventivos !

Comentário por marcio alencar

Quanta gente nova! Marcio, Paulo, Alexandre, bem-vindos, sempre digo que os comentários são a alegria do blog hehehe. Show de bola o Jam, esse disco é impressioante, e salve Pernambuco e toda a música maravilhosa que nos dá! Abração e voltem sempre! Carlos

Comentário por umapordia

Gostei da dica e vou comprar !

vcs acham que os artistas antigos estao engessados e prisioneiros de seus sucessos ?
nao se reinventam , nem criam mais nada .
porque sera?

Comentário por andre freitas

Opa André, bem-vindo! Que bom que vc gostou do Jam. O disco é maravilhoso. Vá atrás, tem nas livrarias Cultura (não sei onde vc tá), se não achar termine baixando pq vale a pena. Puxa, não quero ser injusto com os artistas “antigos”. Gente como Chico, Gil, Caetano, entre muitos outros, já nos deram tanta coisa boa.. Mas não deve ser fácil manter a criatividade durante toda a vida. Eu, pessoalmente, acho que o problema não são os medalhões, eles têm todo o direito de continuar fazendo música; pra mim o maior problema é que hoje em dia rola uma mistura entre duas questões bem complicadas. Por um lado, a política das grandes gravadoras e mídias em geral, que não privilegiam o lançamento de novos músicos de qualidade; por outro, essa transição, que acho em termos gerais muito positiva, mas que também tem suas perversidades, de um modelo do cd físico/grandes gravadoras para o do mp3/música independente (foi mal a generalização do modelo). Por um lado é do caramba, pq é mto mais fácil lançar discos e ir criando nichos dos artistas, por outro, em termos de difusão musical massiva, a coisa continua nas mãos das gravadoras e aí é esse espetáculo de música ruim. Mas, repito, acho que o processo é positivo, cada vez os independentes vão encontrar formas de ter maior massividade –o meio já tá aí, é a internet, o negócio é saber usá-lo da melhor maneira–, o negócio é correr atrás da boa música, pq isso não falta, apesar da sensação que muita gente tem. Tudo isso é minha opinião, escrita com alguma pressa hehehe. Abração

Comentário por umapordia

Confesso que não conhecia, mais após ouvir Dia Santo com calma é algo impressionante, de muito bom gosto, qualidade e competência.
Parabéns

Comentário por Luis Roberto

É verdade, Luis Roberto, é um disco fantástico, primoroso. Abraço forte
Carlos

Comentário por umapordia

Como poderia definir dia santo???
Qualidade,disco diferenciado, necessário e altamente valoroso.
Faz bem para os nossos ouvidos!!!!!!!!!
Parabéns

Comentário por Maria José

Puxa, Maria José, fico bem contente de ver essa enxurrada de comentários num posts que já passou há algumas semanas. Acho que é um bom indicador de que quem escuta realmente curte esse disco. Eu só posso concordar. Para mim é um discaço. No natal, eu coloquei pra download meus cinco discos preferidos de 2008. Se então tivesse escutado o Dia Santo, certamente a lista teria sido de meus seis discos preferidos hehehe, pq esse álbum é absolutamente maravilhoso. E, mais uma vez, o que dizer da música de Pernambuco? Não canso de me admirar com o que os músicos pernambucanos andam produzindo, quase sempre à margem das grandes gravadoras ou da grande mídia. É impressionante. Abraço, Carlos

Comentário por umapordia

Onde posso comprar outro disco, pois,meu genro levou o meu cd e não mais devolveu e não quero cobrar a devolução???? Este disco é uma relíquia.

abç

Comentário por Maria José

loja tracks na gavea e livraria travessa no leblon ,via net livraria cultura ,lojas daqui no leblon tbm tem .

abrazzzzz
j.

Comentário por jam da silva

Maria José, já tá explicado onde comprar. Recomendo fortemente a Tracks, lá se encontra preciosidades difíceis de encontrar por aí. Valeu, Jam! abracos

Comentário por umapordia




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: